notify@childrensermons.com

Espiões na Terra Prometida

Post 24 of 525

Se o Senhor se agradar de nós, ele nos fará entrar nessa terra, onde há leite e mel com fartura, e a dará a nós. – Números 14:8

Texto:  Números 13:30-31; 14:6-9

glass of waterMaterial: um copo com água até a metade

Resumo: O retorno dos espiões de Canaã mostra a fé de Josué e Calebe e explica por que os filhos de Israel vagaram quarenta anos pelo deserto. Deus nos deu a missão de espalhar as boas novas por toda a parte.

Olhem para este copo d’água. Ele está meio vazio? Ou meio cheio? Suponho que a resposta dependa do seu ponto de vista. Se você tende a ver o lado ruim da situação, você pode ser negativo e dizer que metade da água está faltando. Se você tende a ser positivo e a ver o lado bom da situação, você pode dizer que o copo está cheio até a metade e que caberia mais. Nossas opiniões costumam ser negativas ou positivas, dependendo de como vemos as circunstâncias.

Hoje quero contar a vocês a história de como Deus enviou espiões à Canaã e o que aconteceu com eles. Primeiro, Deus livrou os filhos de Israel da escravidão do Egito e em um milagre dividiu o Mar Vermelho para que eles pudessem escapar do exército egípcio. Então Deus deu a Moisés os Dez Mandamentos no Monte Sinai. Finalmente eles estavam prontos para entrar na terra prometida a Abraão, Isaque e Jacó: a terra de Canaã. Quando se aproximavam, Deus disse a Moisés para enviar doze espiões (um de cada tribo) até a terra para contarem o que encontraram. Eles exploraram Canaã por 40 dias. Viram uma terra repleta de leite e mel. Isso significa que tinha muita comida, água e um solo rico, que seria bom para o cultivo de plantas e criação de animais. Eles também viram muitas tribos diferentes de pessoas que viviam lá, incluindo alguns gigantes.

(Leia o texto.)

The Return of the Spies

The Return of the Spies from the Land of Promise (O Retorno dos Espiões da Terra Prometida) de Gustave Doré (1832-1883). Digitalização da imagem cortesia de The Doré Bible.

Dez espiões fizeram um relatório negativo e estavam com medo dos homens grandes daquela terra. Eles se sentiam como gafanhotos comparados com os gigantes (Números 13:32-33). Josué e Calebe estavam prontos para seguir as ordens de Deus para entrar em Canaã, acreditando que Deus os protegeria. Eles tinham muita fé e muita coragem. Todos os doze espiões viram as mesmas coisas, mas Josué e Calebe estavam cientes da presença de Deus ao lado deles. Eles confiavam que Deus os levaria à vitória contra seus inimigos.

Como a maioria das pessoas não estava disposta a seguir o plano de Deus, Ele se irritou e as puniu. Deus disse a Moisés que nenhum dos homens com mais de 20 anos (exceto Josué e Calebe*) entrariam na Terra Prometida. Deus os puniu fazendo com que eles só pudessem entrar em Canaã 40 anos depois. Ou seja, foram condenados a um ano vagando no deserto para cada dia que os espiões passaram explorando a Terra Prometida (Números 14:34). Após 40 anos, todos aqueles que desobedeceram haviam morrido e apenas seus filhos (que àquela altura estavam crescidos) puderam entrar em Canaã sob a liderança de Josué. Josué e Calebe foram recompensados porque foram inteiramente fiéis ao chamado do Senhor (Josué 14:8).

Embora não sejamos espiões, Deus nos recrutou para a missão de contar ao mundo as boas novas sobre Jesus Cristo (Mateus 28:19-20). Ao procurar pela Terra Prometida, podemos ver muitos inimigos da cruz de Cristo, mas não devemos ter medo. Jesus disse: Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo (João 16:33). Por sabermos que Deus está nos liderando, podemos ficar confiantes na hora de contar aos outros sobre Jesus.

*Isso significa que apenas os dois, dentre os 600.000 homens que estavam ali, sobreviveram para entrar em Canaã!

©2001 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

,

This article was written by Jim

Menu