notify@childrensermons.com

Sansão

Post 13 of 525

“Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: ‘Minha é a vingança; eu retribuirei’, diz o Senhor.” – Romanos 12:19 (referência a Deuteronômio 32:35)

Texto: Juízes 13:1-16:31

Material: um frasco de vitaminas (ou, como alternativa, uma imagem das antigas torres gêmeas de Nova Iorque ou uma imagem de The Bondage Breaker, livro escrito por Neil T. Anderson, sem tradução no Brasil)

Resumo: Sansão era um herói de fé. Deus deu a Sansão a força para lutar contra seus inimigos.

Hoje eu trouxe comigo algumas vitaminas. (Mostre o frasco de vitaminas.) Vitaminas são encontradas nos alimentos que comemos. Algumas pessoas tomam essas vitaminas para ajudá-las a ficarem saudáveis. Dizem que multivitaminas com ferro mineral farão com que você fique forte.  Vocês já viram alguma pessoa muito forte? Quando eu penso em alguém forte, penso em um homem grande com muitos músculos. Eu penso no corpo de pedreiros e de lutadores como Arnold Schwarzenegger, Hulk Hogan e o The Rock. A Bíblia conta sobre um homem forte que viveu por volta de 3.100 anos atrás (1100 a.C). Seu nome era Sansão.

Sansão foi o último dos grandes juízes (líderes) das pessoas de Israel. Ele os julgou por 20 anos. Ele é listado como um dos heróis de fé da Bíblia (Hebreus 11:32). Sansão foi dedicado ao Senhor antes mesmo de nascer. Ele nasceu durante uma época em que Deus punia os israelitas por fazerem coisas ruins “e por isso o Senhor os entregou nas mãos dos filisteus durante quarenta anos” (Juízes 13:1). Sansão fez um juramento como nazireu de deixar seu cabelo crescer e não beber vinho ou qualquer bebida forte. Esse era um sinal de devoção a Deus.

Algumas pessoas acharam que a força de Sansão vinha de seus cabelos longos, mas foi o Espírito do Senhor que recaiu sobre Sansão e o livrou dos perigos. Quando era jovem, Sansão acabou com um leão usando somente as suas mãos. Em uma batalha, ele matou mil filisteus. Ele era um homem poderoso e um grande guerreiro. Uma noite ele escapou de uma emboscada feita à meia-noite e arrancou os portões da cidade, “pôs tudo nos ombros e o levou ao topo da colina que fica defronte a Hebrom” (Juízes 16:3).

Ele desagradou seus pais ao pedir por uma esposa escolhida dentre os filisteus, os inimigos de Israel. Muitos de seus problemas pessoais se deram porque ele escolheu confiar em uma mulher filistina em vez de confiar em Deus. Seu amor por Dalila o levou a confiar nela e ela o traiu. Sansão foi capturado, amarrado, cegado e colocado em uma prisão. Estranhamente, o Senhor fez com que isso acabasse favorecendo os israelitas. No final “‘Minha é a vingança; eu retribuirei’, disse o Senhor” foi o que Deus fez contra os filisteus.

Sansão foi levado acorrentado até o templo filisteu de Dagom, onde riram de Sansão e comemoraram a sua captura. Em um ato final de fé, Sansão rezou a Deus para deixá-lo se vingar dos filisteus por terem-no deixado cego.E Sansão disse: “Que eu morra com os filisteus!”. Ele colocou as mãos nas pilastras que sustentavam o templo e as empurrou com toda a sua força. Com a ajuda de Deus, o templo desabou e matou três mil homens e mulheres. “Assim, na sua morte, Sansão matou mais homens do que em toda a sua vida.” (Juízes 16:30)

O que podemos aprender com esta história? Que sempre devemos ouvir e obedecer nossos pais. Devemos confiar no Senhor Jesus, que nos dá forças e nos guia. E atitudes de vingança não devem ser encorajadas.

©2005 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

This article was written by Jim

Menu