notify@childrensermons.com

Moisés: Perdido e Achado

Post 57 of 525

Texto: Êxodo 1:22-2:10; Mateus 16:25; Atos 7:22

Material: uma imagem do bebê Moisés ou uma caixa de papelão com diversos itens dentro e uma etiqueta escrito “achados e perdidos” na frente

Resumo: Moisés foi resgatado e criado pela filha do faraó. Deus procura encontrar aqueles que estão perdidos.

Esta caixa pertence à secretaria de uma escola. Nela estão alguns itens que foram perdidos e encontrados. Aqui está uma blusa. Eu fico imaginando se o garoto que a perdeu tentou encontrá-la quando percebeu que a havia perdido. Aqui temos um livro de matemática. Talvez ele tenha sumido de propósito! Eu não vejo nada caro nesta caixa. Suponho que quando alguma coisa muito boa seja encontrada a pessoa fique tentada a ficar com ela, mesmo pertencendo a outra pessoa. Vocês podem imaginar o que aconteceria se um bebê fosse perdido? Hoje quero contar a vocês sobre o bebê Moisés e sobre como ele foi perdido e encontrado.

O rei do Egito, o faraó, temia que os hebreus estivessem ficando muito poderosos porque o número da população deles estava aumentando. Então o faraó decidiu que não deixaria os bebês do sexo masculino (meninos) viverem quando nascessem. Eles deveriam ser jogados no rio (para se afogarem). Que coisa terrível de se fazer! (Leia Êxodo 1:22-2:4).

Os pais de Moisés eram da tribo de Levi. Os levitas eram sacerdotes. A mãe de Moisés escondeu o bebê até que completasse três meses de idade. Depois disso ela sabia que a única forma de salvá-lo seria se o “perdesse”. Então ela fez um cesto com ramos de junco, cobriu com piche para que ele não afundasse e colocou seu bebê dentro.  Então ela colocou o cesto entre os juncos à margem do Rio Nilo. Ela disse para que a irmã do menino, Miriam, ficasse prestando atenção no cesto para ver o que acontecia. Neste ato simples de fé, ela confiou que Deus cuidaria de seu jovem bebê.

(Leia Êxodo 2:5-10).  Moisés não ficou perdido por muito tempo. Quase na mesma hora, a filha do faraó veio ao rio para se banhar. Ela viu o cesto e mandou suas criadas buscarem. Quando ouviu o choro do bebê, ela ficou com pena e decidiu adotá-lo. Ela deu a ele o nome de Moisés, já que havia sido tirado da água. Miriam sugeriu que uma mulher dos hebreus (a mãe do bebê) poderia amamentá-lo. Uma das coisas mais difíceis que uma mãe precisa fazer é abrir mão de seu filho quando ele cresce. Deve ter sido especialmente difícil para a mãe de Moisés abrir mão de seu bebê (depois de tê-lo amamentado). A única forma de salvar seu bebê foi abrindo mão dele para que ele fosse adotado pela filha do faraó.

Nosso Senhor Jesus nos convida a abrir mão de nossos desejos egoístas para servi-lo. Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a sua vida por minha causa, a encontrará. – Mateus 16:25. A mãe não foi egoísta e confiou que Deus cuidaria do bebê Moisés. Com isso, Deus pôde usar o faraó para criar e educar o homem que mais tarde libertaria os israelitas da escravidão. Moisés foi educado em toda a sabedoria dos egípcios e veio a ser poderoso em palavras e obras. (Atos 7:22).

No decorrer das eras, Deus vem encontrando aqueles que estão perdidos. Ele quer que todos descubram e adotem a fé da salvação no Senhor Jesus. Vocês vão aceitar Jesus como Salvador agora? Assim como Moisés estava perdido e foi encontrado no Nilo, Jesus está pronto para encontrar vocês onde quer que estejam agora.

©2002 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

,

This article was written by Jim

-->
Menu