notify@childrensermons.com

Jonas & o Grande Peixe

Post 159 of 525

Texto: Jonas 1:17 – Jonas 2:1-10; Mateus 12:39,40

Material: um par de dados ou um pôster de Jonas e o grande peixe

Resumo: A história de Jonas demonstra o amor de Deus pelas pessoas de todas as terras. Jesus comparou seus três dias na terra aos três dias que Jonas passou dentro do grande peixe.

Hoje eu quero falar com vocês sobre missões internacionais. Uma missão internacional é quando Deus pede que alguém vá a um país diferente para falar a outras pessoas sobre Jesus. A Bíblia tem uma história sobre missões internacionais chamada Livro de Jonas. Jonas foi chamado por Deus para ser um missionário internacional. Jonas reagiu com descrença. Em vez de ir até Nínive para pregar aos pecadores dali, ele ignorou Deus e foi na direção contrária para uma cidade costeira chamada Jope. Ele deve ter achado que precisava de férias, já que ele decidiu fazer um cruzeiro até Társis, uma cidade turística do Mar Mediterrâneo. Ele deve ter pensado que “o que os olhos não veem o coração não sente” e que um pouco de descanso e relaxamento o ajudariam a parar de pensar no chamado de Deus para realizar uma missão. Mas Deus tinha outros planos para Jonas.

Pouco depois de o navio partir, formou-se uma tempestade. O vento arremessava ondas contra o navio e a tripulação temia por suas vidas. Eles sabiam que isso era obra de Deus. Todos os navios de cruzeiros têm dados, então eles jogaram dados (lançaram sortes) e decidiram que Jonas era o culpado pela situação em que se encontravam. Jonas confessou que ele havia fugido da presença do Senhor e disse que eles ficariam bem se o jogassem ao mar. E foi o que eles fizeram. Uma coisa que podemos dizer aqui é que nunca podemos fugir de Deus ou do Seu chamado em nossas vidas, porque Deus está em toda parte. Assim que eles o jogaram do navio, o mar se acalmou novamente. Esse foi um grande testemunho para os homens que estavam a bordo, porque a Bíblia diz que tomados de grande temor ao Senhor, os homens lhe ofereceram um sacrifício e se comprometeram por meio de votos.

O Senhor fez com que um grande peixe engolisse Jonas, e ele ficou dentro do peixe três dias e três noites. Dentro do peixe, Jonas orou ao Senhor, o seu Deus… E o Senhor deu ordens ao peixe, e ele vomitou Jonas em terra firme.

Vocês podem imaginar isso? Deus havia feito com que um grande peixe engolisse Jonas. Algumas pessoas acreditam que o grande peixe poderia ter sido uma baleia. Ele não mastigou Jonas porque Deus fez com que ele fosse engolido inteiro. Jonas deve ter ficado completamente apavorado. A barriga do peixe não tinha uma cabine luxuosa como a que Jonas queria ter no navio. Havia água escorrendo por toda parte e algas marinhas envolviam a cabeça dele. Talvez Jonas tenha comido as algas marinhas? Que nojo! Não havia luz alguma na barriga do peixe. Lá era frio, escuro e assustador. Então Jonas fez o que a maioria das pessoas fazem quando têm medo: ele rezou a Deus. Jonas não desistiu. Deus ouviu as preces de Jonas e após três dias o peixe expeliu Jonas em terra firme.

Jonas estava cansado e fedido. Então Deus falou com ele novamente dizendo “Vá à grande cidade de Nínive”. Deus se importa com todas as pessoas de todos os lugares. Ele quer que todos saibam sobre Ele. Dessa vez, Jonas havia aprendido sua lição e ele obedeceu a Deus. Jonas não se importava realmente com as pessoas que ele havia sido enviado para salvar, mas Deus sim. O rei de Nínive ouviu a mensagem de que deveriam se arrepender e disse a todos para rezarem a Deus pedindo perdão. Então Deus poupou o povo de Nínive.

Jesus falou sobre Jonas em uma narrativa com grande precisão histórica. Ele disse às pessoas de sua época que eles receberiam o sinal do profeta Jonas: “Pois assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre de um grande peixe, assim o Filho do homem ficará três dias e três noites no coração da terra”. Jesus estava dizendo às pessoas que ele morreria e ficaria na sepultura por três dias, e então voltaria do mundo dos mortos. Nós devemos agradecer a Deus por ainda nos convocar a ser missionários. Ele ama todas as pessoas e quer que todos aceitem Jesus como seu Senhor e Salvador.

©1998 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

This article was written by Jim

-->
Menu