Sermons for the Season of Epiphany

Happy New Year 2015. As we enter the season of Epiphany, we learn how God created everything In the Beginning. Then we hear how young Samuel learned to listen to God in Here I Am. Next, on Martin Luther King Jr. holiday the story of the Good Samaritan teaches us to treat all people as our neighbors in Samaritan Neighbor. All the children will love the story of Jonah and how God loves people of all lands in Jonah and the Great Fish.

In February we start with Take Out the Trash and learn how Jesus removed unclean spirits from people. It is also a great time to talk about the Super Bowl on Super Bowl Sunday. No, not the football game. The story of Elisha and the widow shows how God provides for our needs abundantly. Next, the apostle Paul becomes A Slave to All so that he might win some people to Christ. Then near Valentine’s Day we can share the Love Letter that Paul wrote to the Corinthians to teach them what real love is all about. Then on Transfiguration Sunday we can read how Jesus revealed his glory to the three of his disciples in Power Ranger. As we transition into the season of Lent, we begin on Ash Wednesday with Treasure in Heaven. It explains the difference between treasures that will last and treasures that are temporary.

Traduzido

Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado. – Colossenses 1:13

Texto: Colossenses 1:10-14

Sign language "I Love You"
Sign language “I Love You”

“Eu amo você” na língua de sinais (mexer levemente para o lado)

Material: Traduções da palavra “Amor” em outras línguas e de “Eu te amo” na língua de sinais (ver abaixo)

Resumo: Deus nos transforma de tal maneira que nos permite amar aos outros. Jesus o ama.

É assim que é a palavra “amor” em outras línguas. Ela foi traduzida do português para outras línguas. A palavra “traduzir” significa transportar, transformar ou transferir algo para outra língua. (Mostre o anexo e leia algumas das traduções em voz alta.) Mesmo que não pudesse falar, você poderia dizer “Eu amo você” na linguagem de sinais desta forma. (Demonstre a língua de sinais mexendo sua mão levemente para o lado ao fazer o gesto indicado acima. Convide as crianças a tentarem fazer o mesmo.) Vocês sabiam que Jesus os ama? É verdade, Deus os ama. Ele os ama tanto que está disposto a “traduzir” vocês – a transformá-los – para que vocês possam amar o próximo.

(Leia Colossenses 1:10-14.)

Vocês ouviram essa parte sobre sermos transportados (“traduzidos”)? Deus nos ama tanto que Ele nos transforma, como se estivéssemos sendo “traduzidos”, e nos transporta para o reino de seu querido Filho. Ele nos livra do mal. Perdoa nossos pecados e leva embora tudo o que há de ruim em nós. Jesus ama vocês de todas as maneiras possíveis em que se pode dizer “Eu amo você”. Ele faz isso para que possamos seguir seu exemplo e amar aos outros. Deus quer que amemos o próximo. Vamos dizer “Eu amo você” na língua de sinais para todos os que estão aqui hoje. (Instrua as crianças a fazerem o gesto.)

Oremos. Querido Senhor Jesus, obrigado pelo seu amor. Ajude-me a amar o próximo. Amém.

©2005 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

Traduções para Amor
Língua Palavra
Inglês  love
Espanhol  amor
Francês  amour
Italiano  amore
Alemão  Liebe
Norueguês  kjærlighet
Russo  любовь
Chinês  爱
“Eu amo você” na língua de sinais (mexer levemente a mão para o lado)
Fonte: http://ets.freetranslation.com/

Sansão

“Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: ‘Minha é a vingança; eu retribuirei’, diz o Senhor.” – Romanos 12:19 (referência a Deuteronômio 32:35)

Texto: Juízes 13:1-16:31

Material: um frasco de vitaminas (ou, como alternativa, uma imagem das antigas torres gêmeas de Nova Iorque ou uma imagem de The Bondage Breaker, livro escrito por Neil T. Anderson, sem tradução no Brasil)

Resumo: Sansão era um herói de fé. Deus deu a Sansão a força para lutar contra seus inimigos.

Hoje eu trouxe comigo algumas vitaminas. (Mostre o frasco de vitaminas.) Vitaminas são encontradas nos alimentos que comemos. Algumas pessoas tomam essas vitaminas para ajudá-las a ficarem saudáveis. Dizem que multivitaminas com ferro mineral farão com que você fique forte.  Vocês já viram alguma pessoa muito forte? Quando eu penso em alguém forte, penso em um homem grande com muitos músculos. Eu penso no corpo de pedreiros e de lutadores como Arnold Schwarzenegger, Hulk Hogan e o The Rock. A Bíblia conta sobre um homem forte que viveu por volta de 3.100 anos atrás (1100 a.C). Seu nome era Sansão.

Sansão foi o último dos grandes juízes (líderes) das pessoas de Israel. Ele os julgou por 20 anos. Ele é listado como um dos heróis de fé da Bíblia (Hebreus 11:32). Sansão foi dedicado ao Senhor antes mesmo de nascer. Ele nasceu durante uma época em que Deus punia os israelitas por fazerem coisas ruins “e por isso o Senhor os entregou nas mãos dos filisteus durante quarenta anos” (Juízes 13:1). Sansão fez um juramento como nazireu de deixar seu cabelo crescer e não beber vinho ou qualquer bebida forte. Esse era um sinal de devoção a Deus.

Algumas pessoas acharam que a força de Sansão vinha de seus cabelos longos, mas foi o Espírito do Senhor que recaiu sobre Sansão e o livrou dos perigos. Quando era jovem, Sansão acabou com um leão usando somente as suas mãos. Em uma batalha, ele matou mil filisteus. Ele era um homem poderoso e um grande guerreiro. Uma noite ele escapou de uma emboscada feita à meia-noite e arrancou os portões da cidade, “pôs tudo nos ombros e o levou ao topo da colina que fica defronte a Hebrom” (Juízes 16:3).

Ele desagradou seus pais ao pedir por uma esposa escolhida dentre os filisteus, os inimigos de Israel. Muitos de seus problemas pessoais se deram porque ele escolheu confiar em uma mulher filistina em vez de confiar em Deus. Seu amor por Dalila o levou a confiar nela e ela o traiu. Sansão foi capturado, amarrado, cegado e colocado em uma prisão. Estranhamente, o Senhor fez com que isso acabasse favorecendo os israelitas. No final “‘Minha é a vingança; eu retribuirei’, disse o Senhor” foi o que Deus fez contra os filisteus.

Sansão foi levado acorrentado até o templo filisteu de Dagom, onde riram de Sansão e comemoraram a sua captura. Em um ato final de fé, Sansão rezou a Deus para deixá-lo se vingar dos filisteus por terem-no deixado cego.E Sansão disse: “Que eu morra com os filisteus!”. Ele colocou as mãos nas pilastras que sustentavam o templo e as empurrou com toda a sua força. Com a ajuda de Deus, o templo desabou e matou três mil homens e mulheres. “Assim, na sua morte, Sansão matou mais homens do que em toda a sua vida.” (Juízes 16:30)

O que podemos aprender com esta história? Que sempre devemos ouvir e obedecer nossos pais. Devemos confiar no Senhor Jesus, que nos dá forças e nos guia. E atitudes de vingança não devem ser encorajadas.

©2005 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

Justiça Errada

Citação: “Se não souber para onde está indo, você acabará indo para outro lugar.” – Yogi Berra

Texto: Romanos 10:1-4

Material: uma nota nova de R$20,00 (ou então faça adaptações e utilize a moeda local)

Resumo: Algumas pessoas tentam ir para o céu por conta própria, fazendo coisas boas. A única justiça verdadeira é aquela que o Senhor Jesus nos dá.

reais20f

Vejam esta nota nova de R$20,00 (moeda brasileira). Nós pagamos pelas coisas com dinheiro. A cor do nosso dinheiro já mudou bastante e agora temos uma nota de cada cor. Como esta nota de vinte, por exemplo, que é amarela. As pessoas que fazem essas notas colocam algumas coisas nela para sabermos que é verdadeira. [Mostre cada elemento de segurança.] Uma delas é este fio de segurança, outra é a marca d’água do mico-leão-dourado, e outra é esta variação de cor no número vinte. Dependendo do ângulo de que vemos a nota, a cor muda do verde para o azul e parece que uma tira verde corre sobre o número.  Ao dar esta nota como pagamento, qualquer um que recebê-la poderá ver que ela é verdadeira. Algumas pessoas tentam trapacear fazendo notas por conta própria. Esse dinheiro que elas fazem por conta própria é chamado de dinheiro falso. Isso me lembra de uma coisa que o apóstolo Paulo escreveu na sua carta aos romanos.

(Leia Romanos 10:1-4)

Paulo queria que o seu povo, os israelitas, fossem salvos de seus pecados. Ele disse que eles estavam ansiosos para agradar a Deus, mas que não entendiam o que Ele queria.  Os israelitas pensaram que se eles continuassem a seguir todas as leis e mandamentos de Deus, isso seria o suficiente para agradá-Lo. Acharam que se fossem bons e fizessem coisas boas, isso seria tudo o que eles precisavam para ir para o céu. Esse era um tipo errado de justiça. Era falso. A única justiça verdadeira é aquela que o Senhor Jesus nos dá. Paulo deixou claro que precisamos da justiça de Deus. Isso significa que precisamos estar dispostos a aceitar a bondade de Deus, e não que devemos tentar ser bons por conta própria.

reais20b

Como podemos fazer isso? Aceitando o que Jesus fez por nós na cruz. Jesus completou o trabalho da lei ali. Essa é a coisa verdadeira e genuína que Deus aceita. Jesus morreu como um sacrifício por todas as coisas ruins que fizemos. Como diz um velho hino, Jesus tudo pagou! Nós entregamos nossos pecados a Deus, e Deus nos deu Seu perdão e Sua bondade. Essa não parece ser uma troca justa, mas Deus nos ama tanto que ele está disposto a fazê-la.

(Leia João 3:16.)”Todo o que nele crer” inclui vocês. E inclui a mim também. Deus é tão bom para nós. Ele quer que sejamos bons, mas não quer que tentemos chegar ao céu acreditando que a nossa própria bondade nos salvará. Ele nos mostrou o caminho: Seu Filho Jesus.

Oremos. Querido Senhor Jesus, obrigado por pagar o preço dos meus pecados. Amém.

©2003 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

Nas Mãos de Deus

Texto: João 10:27-30
grandfather's lap

Material: imagem de uma criança no colo do avô

Resumo: Você está seguro nas mãos de Deus. Jesus nunca o deixará. Jesus e Deus Pai são um só.

Hoje quero falar com vocês sobre a sensação de estar seguro e protegido. Vocês podem pensar em algumas vezes em que se sentiram seguros? Vocês provavelmente se sentem seguros quando suas mães ou pais seguram a sua mão na hora de atravessar a rua. Provavelmente se sentem seguros quando os seus pais os seguram quando vão ensiná-los a nadar pela primeira vez.  Provavelmente se sentem seguros e protegidos ao sentarem no colo de seus avós quando eles leem histórias para vocês. (Mostre a imagem.) Ou quando se deitam ao lado de suas mães para tirar um cochilo. É natural nos sentirmos seguros e protegidos sempre que estamos próximos daqueles que mais nos amam.

Hoje quero falar sobre como devemos confiar em Jesus, acreditando que ele nos protegerá. Vocês sabiam que Jesus os ama muito? Vamos ler sobre isso.

(Leia João 10:27-30.) Jesus falou de seus seguidores como se fossem o seu rebanho. Agora que Jesus voltou para o céu não podemos vê-lo da mesma forma que vemos nossos pais ou familiares. Mas Jesus os ama tanto que ele quer que vocês vivam para sempre ao lado dele. Ele quer que vocês confiem nele assim como confiam em seus pais. Vocês estão em boas mãos com os seus pais porque eles os amam muito. Mas existe alguém que os ama ainda mais… Jesus! Ao confiarem em Jesus como seu Salvador, vocês se colocam nas mãos de Deus. As mãos de Deus são firmes e estáveis, dão segurança e proteção. Jesus sempre estará ao nosso lado e nunca deixará que nada, nem ninguém, nos afaste do amor dele. Ele está sempre olhando por nós.

Oremos. Querido Senhor Jesus, obrigado por me amar e por me proteger. Amém.

©2003 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

Conte a Verdade

Texto: Deuteronômio 18:15,18-22; João 5:39,46
open hand
Material: Seus dez dedos.

Resumo: Jesus é o Profeta de que Moisés falou. Nós sempre devemos contar a verdade.

Quantos de vocês já aprenderam a contar até dez? [Levantem a mão.] Certo, então me digam, quantos dedos eu tenho? [Dez.] Vocês têm certeza? Deixem-me contar para vocês. [Levante a mão esquerda e comece a levantar um dedo por vez.] Um, dois, três, quatro, cinco. [Levante a mão direita e continue a levantar um dedo de cada vez, mas conte de trás pra frente a partir do dez.] Dez, nove, oito, sete, seis. Seis mais cinco é igual a onze (6+5=11), então eu tenho onze dedos! [Ao falar isso, com certeza as crianças vão protestar.] Tudo bem, estou brincando. Eu realmente tenho somente dez dedos. Simplesmente dizer a vocês que eu tenho onze dedos não faz com que isso seja verdade.

Hoje quero falar com vocês sobre contar a verdade. Como podemos saber se o que ouvimos é verdade ou não? A Bíblia nos ajuda com isso. Muito tempo atrás, Deus deu a Moisés os dez mandamentos. Então, certo dia Deus disse a Moises uma outra coisa que era muito importante. (Leia Deut. 18:15, 18-22.) Deus disse a Moisés que enviaria um Profeta muito especial do povo hebreu. Um profeta é alguém que diz o que Deus quer que ele diga.
Moisés disse que o que esse Profeta diria era tão importante que, caso não o ouvíssemos, Deus nos responsabilizaria por isso. Segundo Moisés, se um profeta dissesse a verdade, então o que quer que ele dissesse aconteceria. Se um profeta não dissesse a verdade, então o que quer que ele dissesse não aconteceria. Apenas dizer que algo aconteceria não faria com que isso fosse verdade. É assim que podemos saber se um profeta está dizendo a verdade ou não.

Jesus sempre disse a verdade. (Leia João 5:39,46.) Jesus disse que ele era o Profeta sobre quem Moisés havia escrito. Como podemos ter certeza disso? Porque tudo o que Jesus disse que aconteceria, realmente aconteceu. Outras pessoas alegaram ser o Profeta de quem Moisés havia falado, mas o que elas disseram não se concretizou. Jesus disse que ele seria morto e depois voltaria, e isso realmente aconteceu! Então sabemos sem dúvida que foi sobre ele que Moisés falou. Jesus disse aquilo que Deus Pai queria que ele dissesse, e sempre foi a verdade. Devemos tentar seguir o exemplo que Jesus nos deu e sempre dizer a verdade.

Oremos. Querido Senhor Jesus, ajude-me a ser como o Senhor e sempre dizer a verdade. Amém.

©2003 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

Pronto para Servir

Buckingham Palace GuardQuando medito em minha luz perdida,
Nesta tão vasta e mais sombria terra,
E que esse dom que só a Morte cerra
Inútil mora em mim, embora a vida
N’alma que me seja ao Criador rendida
E a mais prestar-lhe a conta que não erra,
“A quem, negada a luz, a treva encerra,
Calcula Deus a quotidiana lida?”
Pergunto ansiosamente. E a Paciência
O murmurar me cala: “El’ não precisa
Dos dons de um só em cada humana esfera.
Se El’ convoca os seus fiéis, e com ardência
Que milhar’s correm para onde Ele pisa.
Também O serve aquel’ que fica e espera.”
— poeta John Milton, Sobre a Sua Cegueira (tradução de Jorge de Sena), um soneto de Poemas, 1673.
Direitos autorais da imagem reservados a Jonathan Eoyang, 1998. Uso permitido.

Texto: João 1:43-45; Marcos1:16-20

Material: a imagem de um guarda ou soldado em serviço.

Resumo: Os primeiros discípulos que Jesus chamou estavam prontos para servir. Eles deixaram tudo de lado e o seguiram.

Vejam esta figura que eu trouxe aqui hoje. (Mostre o material.) Este é um guarda na frente do Palácio de Buckingham, em Londres, na Inglaterra. Este guarda não precisa defender ativamente o que ele está protegendo agora. Ele está de guarda, vigiando. Ele está pronto para servir caso a situação exija alguma atitude. Hoje quero contar a vocês sobre algumas das pessoas que Jesus chamou para segui-lo quando começou sua missão de espalhar a Palavra de Deus na terra. Elas também estavam prontas para servir.

Diversos versículos da Bíblia nos contam sobre como Jesus recrutou seus discípulos (seguidores) e sobre quem eram eles. Simão e André eram irmãos e pescadores. Tiago e João também eram irmãos e pescadores. Vamos ler sobre eles. (Leia Marcos 1:16-20.) Olhem só! A Bíblia diz que, quando Jesus chamou esses homens, eles deixaram tudo de lado e passaram a segui-lo imediatamente. Eles deixaram suas redes de pesca e seus familiares porque estavam prontos para server.

Quando Jesus disse a Levi (Mateus), o coletor de impostos, Siga-me, ele recebeu uma resposta imediata. Levi largou seu emprego para segui-lo (veja Lucas 5:27-28). Vamos ler sobre outro discípulo. (Leia João 1:43-45.) Quando Filipe foi chamado por Jesus, a primeira coisa que ele fez foi contar a um amigo que havia encontrado aquele sobre quem Moisés e os profetas haviam escrito: o Messias. Ele estava empolgado e pronto para servir porque sabia que estava seguindo o Filho de Deus, Jesus.

Que belos exemplos temos desses primeiros discípulos, que depois ficaram conhecidos como apóstolos. Eles estavam prontos para servir. Vocês estão prontos para servir? Mais cedo ou mais tarde vocês serão chamados para servir a Deus. Todos somos chamados, mas nem todos respondem ao chamado de Deus para servir. Vocês fazem isso quando seus pais pedem para fazerem alguma tarefa de casa? Fingem que não os ouviram pedindo para vocês arrumarem o quarto ou levarem o lixo para fora? Quando somos jovens e aprendemos a obedecer nossos pais, eles estão nos ajudando a nos preparar para servir a Deus algum dia. Eles estão nos ensinando a importância de ter responsabilidade, comprometimento e de servir aos outros. Pessoas que servem a Deus não veem isso como um dever, mas como um grande privilégio. Espero que vocês estejam prontos para servir a Deus um dia.

©2002 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

Combatendo a Dor de Dentro

Placa na frente de uma igreja: Combata a dor de dentro – – estude a Bíblia diariamente. (Cortesia de Christian Humour)

Texto: 2 Timóteo 2:15

Material: uma escova de dente e a Bíblia

Resumo: Estudar a Bíblia regularmente é necessário para saber a verdade e se manter saudável espiritualmente. Assim como escovar os dentes combate a dor de dente, estudar a Bíblia combate a dor de dentro.
lost tooth
Hoje eu trouxe aqui uma escova de dente. Vocês têm uma escova de dente em casa? (Escute as respostas.) A escova de dente nos a ajuda a manter os dentes limpos. Se não escovarem os dentes, os germes da sua boca irão aos poucos fazendo buracos nos seus dentes, causando cáries e dor. Isso significa que vocês devem ir ao dentista para evitar que a dor de dente piore. Mas hoje quero contar a vocês sobre a dor de dentro que pode ser causada pelas mentiras.

A Bíblia é a verdade de Deus. Deus nunca mente. Podemos confiar na Palavra de Deus que encontramos ali. Mas precisamos estudar a Bíblia regularmente para saber qual é a verdade e como devemos viver. Vamos ver o que a Bíblia diz que devemos fazer. Em 2 Timóteo 2:15 está escrito: Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade. Isso significa que vocês devem estudar a Bíblia para entendê-la direito. Quando entenderem a verdade, vocês não sentirão vergonha porque saberão as respostas certas.

Vamos fazer um pequeno quiz sobre a Bíblia:
1. O homem passou a viver na terra porque
a.  os macacos evoluíram, dando origem ao ser humano
b.  alienígenas vindos de outro planeta pousaram na Terra, ou
c.  Deus criou o homem no sexto dia da criação.
Resposta: c (Gênesis 1:27)
2.  Quando Davi lutou contra Golias, as armas que ele usou foram
a.  um arco e flechas
b.  a espada e o escudo do rei, ou
c. um estilingue e cinco pedras lisas.
Resposta: c (1 Samuel 17:40)
3. Jesus morreu na cruz
a.  porque Ele ama vocês
b. para livrá-los de seus pecados
c. para que vocês pudessem ter a chance de viver eternamente, ou
d.  todas as respostas acima.
Resposta: d (João 3:16)

Como foram no quiz? Agora vocês sabem por que é importante saber a verdade.  Ao estudarem a Bíblia vocês não só aprendem sobre os fatos, mas também entendem que Deus os ama e de que maneira Ele quer que vocês vivam. Assim como escovar os dentes combate a dor de dente, estudar a Bíblia combate a dor de dentro.

Oremos. Querido Senhor Jesus, ajude-me a lembrar de estudar a Bíblia regularmente. Amém.

©2002 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

O Amor Maior

 

Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos. – João 15:13

Texto: Romanos 8:26-39

Material: um anel de metal, aliança de casamento

Resumo: Jesus tem tanto amor por nós que nada pode nos separar dele.

Vocês já se perguntaram por que suas mães (ou pais) usam a aliança de casamento o tempo todo? É porque o anel as lembra dos votos que elas fizeram no casamento. Elas prometeram se dedicar a seus maridos em todos os momentos, bons e ruins. Vejam só este anel. Ele forma um círculo. Não tem começo nem fim. Vejam como ele é resistente. Tentem arrebentá-lo. Ele não pode ser quebrado facilmente.

O amor que Jesus tem por nós é como este anel. É um amor muito grande porque ele nos ama independente do que aconteça. Vamos ler na Bíblia uma passagem sobre esse amor que Cristo tem por nós.

(Leia Romanos 8:35, 37-39.)

Olhem só! O apóstolo Paulo estava convencido de que nada neste mundo, nem no presente nem no futuro, poderia nos separar do amor de Deus. Mesmo que estivessem em um foguete indo para a lua ou em um submarino nas profundezas do oceano, vocês ainda estariam dentro do círculo de amor de Deus. Ele é eterno e não tem limites. Um dia minha filha me deu um bilhete que mantenho até hoje na minha escrivaninha. Era um poema simples que ela deve ter ouvido em algum lugar e anotado para me dar. Ele diz “Ontem o amei, hoje também, sempre o amei, sempre amarei”. É assim que Jesus ama vocês. Jesus tem o maior amor do mundo. E por mais que seus pais os amem, Deus os ama ainda mais. Ele nos ama tanto que Jesus entregou sua vida por nós e voltou do mundo dos mortos para que tivéssemos a esperança da vida eterna.

Oremos. Querido Senhor Jesus, obrigado por ter por mim o maior amor que existe. Amém.

©2002 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

A Armadura de Deus

Texto: Efésios 6:10-18

Material: um boneco do Buzz Lightyear ou um pôster do filme Toy Story. Caso tenha o boneco, prepare pequenas etiquetas em branco que você possa colar sobre a armadura dele para escrever o nome de cada parte.

Resumo: O Diabo realmente existe. Deus quer que usemos uma armadura para nos protegermos. Deus nos protege dos ataques do Diabo.

Quantos de vocês já assistiram ao filme Toy Story? [levantem as mãos] Vocês se lembram do Buzz Lightyear? [uma das personagens da história] Buzz Lightyear precisou usar uma armadura espacial para protegê-lo do perigo. Hoje quero contar a vocês sobre a armadura de Deus. Isso é explicado na Bíblia na Carta aos Efésios, capítulo 6.

(Leia Efésios 6:10-18)

O Diabo realmente existe. Ele é um anjo mau que Deus expulsou do céu. Ele é invisível para nós por ser um anjo. Somente podemos ver os anjos quando Deus quer que vejamos. O Diabo também é conhecido pelo nome de Satã ou de Lúcifer. Ele é o pior anjo de todos. Quer nos machucar e nos induzir a fazer coisas ruins. Ele está constantemente atrás de nós. Quer que paremos de seguir Jesus e que pequemos. Ele mentirá e tentará nos enganar.

Deus pode nos defender dos ataques de Satã. Deus quer que coloquemos a armadura Dele para nos proteger contra o Diabo. A armadura é uma roupa especial que usamos para ter uma proteção maior contra o perigo. Vejam, o apóstolo Paulo estava falando da armadura que os soldados romanos usavam. Mas, como não vemos mais soldados romanos por aqui, vamos olhar para este boneco do Buzz Lightyear para ver que tipo de armadura devemos usar.

Esta parte da armadura é chamada de cinturão. Este é o cinturão da VERDADE [coloque uma etiqueta com a palavra VERDADE sobre o cinturão]. Nós sempre devemos contar a verdade. A segunda parte da armadura é a couraça da JUSTIÇA [coloque uma etiqueta com a palavra BONDADE sobre a frente da armadura]. Justiça é uma palavra complicada que significa “bondade” ou, em outras palavras, “ser bom”. Não podemos ser bons sozinhos, mas quando pedimos para Jesus ser nosso Salvador, ele nos agracia com a sua bondade. Ela protege o nosso coração. A próxima parte da armadura são as botas [coloque uma etiqueta com a palavra PAZ]. Nossos pés devem estar preparados para nos levarem a dizer aos outros as boas novas sobre Jesus.

O Buzz Lightyear tem uma nave espacial como ESCUDO [coloque uma etiqueta com a palavra FÉ]. Nossa fé em Deus é nosso escudo contra os raios laser malignos de Satã. Agora vamos olhar para o capacete [coloque uma etiqueta com a palavra SALVAÇÃO]. Nossa salvação vinda de Jesus nos marca como seres que pertencem a Ele e protege nossas mentes e nossos pensamentos. Buzz tem como ESPADA um raio de luz invisível [coloque uma etiqueta com a palavra BÍBLIA próxima à mão ou às asas dele]. Nossa espada de luz é a Palavra de Deus, a Bíblia. A Palavra de Deus é a verdade e sempre vence Satã. Nossa arma secreta é a ORAÇÃO. Sempre podemos rezar para tudo que Deus nos protegerá.

Tendo Jesus como nosso Salvador, viveremos para sempre. Então agora que estamos com as nossas armaduras, vamos dizer aquilo que o Buzz diz sempre que está pronto para partir para sua próxima aventura: [faça com que as crianças digam em voz alta] Vamos falar juntos no três. 1, 2, 3, “Para o infinito e além!”.

©1999 por Jim Kerlin. Todos os direitos reservados.

Buzz Lightyear e Toy Story são marcas registradas da Disney e da Pixar.

Teach love and inspire all ages